16 de julho de 2015


Eu Amo-te. Porque tu estás sempre lá. Para me fazer rir. Para me veres chorar. Para me dar um abraço. Para me lembrar do quanto eu sou coragosa. Eu Amo-te. Por estares sempre lá. Por me ouvires. Por me abraçares. E por me lembrares, como se fosse possível esquecer, do porquê de eu estar apaixonadamente apaixonada por ti. Eu Amo-te. Tu és especial para mim. Tu dás-me um Mundo de conforto que ninguém dá... Eu Amo-te. Obrigada por existires, tão como és, para mim. Para todos os Sempres.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.