8 de dezembro de 2014

até gritava nos teus ouvidos, Se ouvisses




De facto, vocês são uns autênticos frustrados Eu sabia que vocês eram, mas vocês fazem questão de me mostrar isso, cada vez mais. E eu só lamento que ela esteja no vosso meio - de umas pessoas que não conseguiram nada na vida e que lutam para que as outras não consigam também. É triste. É o melhor adjectivo que vos posso entregar neste momento: são tristes, pessoas sem nada, sem sonhos, sorrisos ou objectivos. São tristes e vazios de algo que faça bem, porque traições, violência, mentiras e medos é tudo o que vocês conhecem e, pior de tudo, é tudo o que vocês fazem questão de conhecer. Principalmente tua, T, que sempre ansiei o dia em que olhasses para o espelho e visses que tens valor e que esse valor é muito maior do que levar uma tareia dia sim dia sim e continuar a sorrir. Porque a máscara que mostramos aos outros, por momentos, faz parecer que a nossa realidade é bela. E tu sabes, tão perfeitamente como eu, que a tua realidade é tua menos bela. Mas, pior do que Tu escolheres passar por isso, é Tu obrigares a que os teus filhos sejam aquilo em que tu te tornaste e é por isso que eu luto - que ela não seja a falhada que és.
            Desculpa se te pareço má, não o sou. Só estou cansada de querer lutar por ti e tu não deixares quando és a própria a não fazer nada por ti. Desculpa se te pareço fria, não é isso. É que tu não tens o direito de prender a tua filha no "casúlo" onde te enfiaste. E não percebes que ela precisa ser livre e feliz? E não percebes que ela és tu, em ponto pequeno - mostra aos outros um sorriso mas é uma criança com uma escuridão lá dentro. Não vês isso? Não vês isso nos olhos dela, quando olhas para ela, ou quando só sabes gritar com ela? Não vês isso? Não vês, ou não queres ver? Não vês pelas más notas que ela tira na escola, pelas companhias que ela escolhe ou pelos caminhos que ela vai? Não vês que ela tenta fugir, a todo o custo, da vida que Tu escolheste para ambas?! É por isso que és triste. É por isso que não vejo coração em ti e, mais grave que tudo, é por isso que não vejo em ti qualquer coração de mãe.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.