14 de setembro de 2014




Fecha o livro. Abandona-o. Segue em frente. Não chores. Sorri. Sorri. Não chores. Aguenta-te. Não queiras voltar a ler o livro. Onde não foste feliz. Onde choraste sozinha. Onde o silêncio te abraçou. Onde ninguém te ouviu. Rasga as folhas. Apaga as palavras. Arde o amor que morreu antes de nascer. Deita-lhe fogo. Não o olhes. Não o deixes magoar-te. Não recues. Não pares. Segue em frente. Em frente, sem olhar para trás. Porque o que fica para trás é tudo aquilo que não quer avançar connosco. Então vai, sem medo. O livro fechou-se. O amor acabou.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.