25 de agosto de 2014


Para mim é complicado entender as falhas dos outros e eu sei que isso pode parecer egoísmo, só que eu não sou capaz de entender que as pessoas podem ter menos maturidade que eu ou agir de maneira errada (que até pode ser certa, mas para mim é errada). Eu sei que tudo isto é confuso, só que eu cresci sozinha, eu aprendi os meus valores, eu construí sonhos sem que me ajudassem, eu lutei por eles. Alguns eu perdi, outros eu ganhei, mas.. sozinha. E estou sempre ansiosa por encontrar alguém como eu e, quando não encontro, sinto que as pessoas não são suficientemente maturas. Porque eu nunca quis ser sozinha, obrigaram-me. A vida. A família. O que fizeram. Nada que eu tenha feito. Para mim é complicado entender as pessoas que se calam, que não são diretas, que engolem, que falam por trás. Porque ninguém me ensinou, mas eu decidi que a melhor maneira para viver é falar, é não calar, é dizer, gritar e explodir.. para fora. Só que sinto que o mundo é constituído, maioritariamente, por pessoas que usam máscaras quando tudo o que peço é transparência. Para mim é complicado entender as pessoas que dizem - o que os outros dizem não importa - porque para mim não é assim, porque eu acho que isso é uma mentira redonda para esconder o fracasso de não serem o que querem ser. A opinião de quem nós gostamos vai sempre fazer diferença. A forma como os outros nos vêm vai sempre fazer-nos feliz, se for positiva. As pessoas querem encontrar alguém que as olhe para os olhos do coração. Para dentro. Para o que não está à vista. Eu fico feliz quando alguém pensa de mim aquilo que eu quero mostrar e claro, fico triste quando as pessoas pensam de mim aquilo que não sou. Eu preciso de ser vista como eu sonho ser, é uma necessidade e chama-se ser eu, sem rodeios falsos ou caminhos que só enganam. A F. disse-me que devia seguir Direito porque sou determinada, justa e correta. E a F. diz-me sempre aquilo que eu tento que os outros vejam em mim. Aquilo que sonhei e que posso não ser hoje, mas serei. Eu tenho sempre dificuldade em compreender a vivência dos outros porque vivi muito sozinha.. dificuldade em compreender regras, principalmente. Porque os Humanos são tão complexos que chego a (des)compreender-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.