7 de agosto de 2014

Eu não te darei a felicidade de veres as minhas lágrimas e muito menos de observares a minha fraqueza. Contigo eu era forte, mas sem ti eu sou o dobro. Não é orgulho, é necessidade. Antes de ti eu já existia, sozinha. Antes de ti, eu já era feliz. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.