15 de maio de 2014

<b></b>

Acho que ele nunca saberá o quanto ela pode ser descontrolada. Acho que ela também não sabe o quanto é: emocionalmente, espiritualmente. Em todos os aspetos que já conheci dela. De todas as formas que já a vi. Frágil e desmotivada. Sem esperança e, só acho que ele nunca saberá o quanto ela sempre precisou dela. Porque viu nele tudo... e tantas vezes ele lhe deu nada. Eu sei que lhe dói e ela não fala. Eu sei que ela chora e não sabe como falar, nada, para ninguém. Eu sei que ela adormece a pensar que o amanhã será pior ainda e, pior que tudo isso, é ele não saber. Ele que deveria mudar a sua vida. Toda a vida. Só isso.

1 comentário:

  1. Gostava tanto de ter percebido melhor este texto... está tudo bem? :s
    r: qual música? :)

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.