10 de janeiro de 2014


Vê se percebes. Eu não tenho saudades tuas. Eu não te quero de volta.  Eu não preciso de ti. Vê se percebes que apenas me magoa o facto de estares a ir por aí quando todos os que te querem bem estão do outro lado da ilha. Acorda! Estás com o relógio atrasado, ou quê? 

1 comentário:

Fica em segredo, entre nós.