27 de outubro de 2013

Quando a consciência avaria, as palavras saem pela boca a correr, como um carrossel a descarrilar. Quando a consciência avaria, a sub-consciência é que paga. Por palavras mal ditas e mal aceites... Porque às vezes o termómetro desequilibra-se e o monstro solta-se.

1 comentário:

  1. Há que medir bastante bem o que dizemos. Ou melhor, como o dizemos...

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.