7 de maio de 2013




Acho que já não vale a pena procurar por ti. Acho que não valeu a pena sequer encontrar-te por um bocadinho. Tu foste do melhor, só que já não és. Sou uma pessoa exigente, não sou? Talvez seja desde sempre. Procuro corações onde só existirão pedras. E sentimentos onde sentir não significa nada. Já não me sabes ler, mas sabias. E é isso que magoa, a mudança.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.