30 de maio de 2012


«eu não tenho feitio para o amor; nem vida. sou muito complicada»
Se eu disser que nadei nas tuas palavras como alguém que não tem salvação, acreditas não é? Se eu disser que, por mais que o silêncio se tenha tornado no nosso som de fundo, eu te ouvi proferir tais palavras que me abalaram o coração, tu vais acreditar em mim, mais uma vez? Sem pensar. Sem querer. Sem esperar. O amor será sempre nada. Nada vezes nada, porque Ele é demais para mim, ou então não é o suficiente. Porque eu quero mais e talvez esse mais seja difícil ou inexistente. Porque amanhã eu vou sentir que amor é muito mais do que palavras bonitas...e então eu começo a pensar que eu sou o erro. Por não resultar. Por não durar. E aí eu fico a perceber: fui sempre o erro.
No entanto... eu podia procurar-te, ou então desenhar outro caminho. Eu podia fechar os olhos e não ver a escuridão, talvez eu preferisse... eu queria não ver que dois mundos se desvanecem tanto e eu não queria sentir tanto, profundo. E como coragem será sempre o que me falta, eu limito-me a estagnar. Com ou sem ti. Devorando ou não as saudades. Eu vou ficar aqui, porque se eu for, eu não sei até onde ir.
Verdade, eu vou ficar e o que mais dói no coração é ter a certeza que tu também não virás.

10 comentários:

  1. tenho duvidas sobre se foi amor para os dois $:

    ResponderEliminar
  2. obrigada pelas tuas palavras bonitas, sinceras e verdadeiras, marta, acredita que ajudaram imenso. a verdade é que eu já não sei mesmo aquilo que penso... sempre me disseram e eu concordo que as pessoas não mudam, simplesmente revelam aquilo que sempre foram... mas também acredito que as pessoas à medida que crescem mudam de atitudes, por várias razões, talvez pelo comportamento dos pais, e outros problemas da vida... eu fiquei mesmo magoada com as atitudes dele, ainda por cima neste momento que ele sabe que eu estou mesmo mal e que preciso de alguém como ele para me ajudar. :c eu não decidi fugir, decidir começar novamente do 0, não vou mudar porque eu gosto de quem sou porque fui criada desta maneira pelos meus pais e orgulho-me bastante disso... apenas começar tudo de novo, num sítio diferente :)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada princesa. tento cuidar do meu coração sempre da melhor forma, mas acho que agora tmb tenho alguém que me ajude. só que mesmo assim, ainda não me aceito como sou s:
    gostei deste post, e pode ser que esse alguém do post apareça..

    ResponderEliminar
  4. Minhas queridas, basta de sofrimento. As mulheres são mais inteligentes que os homens. Os homens são seres com capacidades cerebrais limitadas, no geral. Têm menos sensibilidade, menos bom senso, cedem menos... Por isso tal com Florbela Espanca, enquanto não encontrar o homem ou até quem sabe a mulher dos meus sonhos eu quero amar, amar perdidamenmte, amar só por amar, amor este e mais aquele, amar e não amar ninguém.

    Mana

    ResponderEliminar
  5. ás vezes também penso o mesmo, sou demasiado complicada para estas questões do amor!
    beijinho * Monstros no Armário

    ResponderEliminar
  6. não tens feitio nem vida para amor, porque talvez ainda não tenhas encontrado o real, o verdadeiro que realmente valha a pena. eu também já fui como tu, já pensei assim, mas Martinha, o amor muda as pessoas. e isso, eu mesma posso conferir. beijinho <3

    ResponderEliminar
  7. Não colocaste o meu comentário porquê mana?

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.