2 de agosto de 2011

tu não me respondes... nunca me respondes


amo-te! Porquê que não entendes? Porquê que não voltas, porquê que me deixes a sufocar no teu próprio silêncio, porquê que não me matas a esperança, porquê que não vais embora de mim, porquê que insistes que te guarde? amo-te! Amo-te estupidamente, a dobrar pelo quanto imaginas que te amo, ou infinito vezes infinito daquilo que eu imagino também. Eu tenho saudades tuas. Tenho saudades dos abraços, das palavras, da força, do caminho firme, do perigo bem protegido, do amor tão bem vivido. Eu tenho saudades do amor que sempre te dei, quando o sabias receber da melhor forma. Eu tenho saudades do que foste e tento desprezar aquilo que és, mas não sou capaz, porque tu nem capaz és de me matar esta esperança que me prende ao teu regresso. Eu não te procuro, sei que não me irias receber, sei que preferes que não te procure e eu faço-o, mas isso pouco importa, porque te encontro todos os dias a divagar entre o meu coração e a minha alma. Entre o meu pensamento e o meu desejo. Entre os meus sonhos e a minha realidade dura. No meio de tudo o que se perdeu, sinto que fui a única felicidade real de um tempo que parecia não acabar. Sinto-me longe de ti e sinto-me ainda mais longe de já ter sido a tua. A tua felicidade.

(eu sinto-me tão inútil, sinto-me tão incapaz de tudo. sinto-me até incapaz de escrever. obrigada por serem uma força para mim e enche-me o coração sentir que ainda me lêm com gosto, ainda me seguem por acreditarem em mim. dói-me muito, mas vocês sossegam-me, corações lindos.)

15 comentários:

  1. pois é princesa :/
    como me vejo neste texto..

    ResponderEliminar
  2. já martinha, já tive vontade de fazer isso. mas depois lembrei-me que um blog, é um refúgio. onde posso dizer o que sinto, e sobretudo, trocar opiniões! um blog é mais que uma rede social, é um grupo que se ajuda mutuamente! não o apagues, porque também apagas parte da tua vida!

    ResponderEliminar
  3. Só irás ler o 4º quando ele estiver postado no blogue, coisa fofa x))

    ResponderEliminar
  4. Muita força s: já passei pelo mesmo /:

    ResponderEliminar
  5. Digo o mesmo de ti, princesa. Cada palavra tua soa-me tão bem, identifico-me tanto. Eu não sou perfeita, tu sim és. És perfeita por fora e por dentro. Tu não és inútil, tu és uma das melhores pessoas que eu já conheci, e tu não te vais sentir inútil por causa de um rapaz. És mais que isso linda!

    ResponderEliminar
  6. é assim até um ponto acredita, querida.
    obrigada por estares sempre presente e desculpa a demora.

    ResponderEliminar
  7. Princesa, preciso muito de um conselho teu!

    ResponderEliminar
  8. Eu quero ir, e apesar de tudo eu quero está com ele e nunca se sabe o que pode acontecer não é?
    Eu vou depois logo se vê :s
    Obrigada princesa :)

    ResponderEliminar
  9. Oh princesa, eu não sei se as coisas vão melhorar (mas espero que sim :b). Mas vou tentar vir sempre por aqui e dar-te noticias do que anda a acontecer :)

    ResponderEliminar
  10. Tu irás conseguir dar a volta por cima, porque as más fases por muito tempo que durem, não duram para sempre!

    ResponderEliminar
  11. Chegou a altura de matares a saudade para que ela não te mate a ti. Força pequena, muita força.


    O teu comentário fez-me sorrir.

    ResponderEliminar
  12. marta tens de ter força e nao ires abaixo, tu és forte ao contrario de mim, mas te digo ninguem me vai empedir de lutar por ti eu amo-te.

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.