2 de agosto de 2011

sai de mim


Tu és... desculpa o termo, um merdas. Eu pensei que te tinha ensinado a amar, como eu amo. Eu pensei que te tinha mudado, que te tinha tornado melhor. Eu pensei que tu eras diferente, que eras puro, que tinhas um coração enorme e doce, um doce coração. Eu pensei que tinhas uma alma vazia de impurezas, eu sempre acreditei que tu sabias ser melhor, melhor e melhor. Eu pensei que todas as tuas, nossas lágrimas faziam do nosso amor, real e verdadeiro, mas enganei-me, tu enganaste-me. Eu pensei que o sorriso que me davas era o teu, o que vinha do Ser que era tão meu e não do meu Ser fingido. Eu pensei que as tuas surpresas provavam que te alimentavas de mim, daquilo que te dava, mas enganei-me, porque tu sabias fingir tão bem, tu sabias enganar-me tão bem quanto me encantavas. Eu pensei que tinha despertado em ti, o melhor que poderias dar, eu acreditava sempre nas tuas palavras, sem duvidar, sem questionar. Eu pensei que prometias sem mentir, mas mentiras foi o que mais me soubeste dar. Eu acolhi-te no meu coração, tempos sem fim e agora fazes-me sentir como... um completo nada. Eu acreditava em ti. Em ti e num amor que nunca existiu.
Eu odeio-me e tu tens culpa, porque me fazes amar-te descontroladamente!

8 comentários:

  1. claro que existiu. nada é para sempre,nem toda a gente lida com esse facto da melhor forma. mas não podemos passar a vida amarrados ao passado. muito menos guardando rancor a alguém que fez parte dele. tudo são lições de vida,tens de erguer a cabeça. a vida não é só amor plural,mas sobretudo teu..amor singular:)

    ResponderEliminar
  2. Vou sexta, estou super ansiosa :s

    Amor, esquece esse gajo, esquece-o. Tira-o da tua vida. E não te odeies por causa dele, odeia-o a ele. Tu és boa demais para ele. Ele foi um idiota, enganou-te e magoou-te. Mas ele é que perde, ele é que perdeu o melhor que a vida lhe poderia ter dado, ele é que foi estúpido e perdeu-te. Princesa, tu não podes sentir-te mal por uma coisa em que a culpa não é tua. Vala, cabeça para cima e muita força. E não te esqueças: TU ÉS BOA DEMAIS PARA ELE!

    ResponderEliminar
  3. Ahahhaha ainda bem que gostaste.
    Bem vou pensar na possibilidade de escrever os dois capítulos XD Quanto ao facto da história acabar assim já não posso prometer nada :P

    ResponderEliminar
  4. sim, ela é das poucas certezas que tenho <3

    ResponderEliminar
  5. tem muita força marta, precisas!*

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.