3 de agosto de 2011

parabéns e amo-te

Minha pequena crescida,


Eu não te larguei a mão. Ir-me embora e largar-te a mão implicaria que eu não te ouvisse sempre que me procurasses. Implicaria eu fugir de ti, sempre que tentasses fugir do mundo. Implicaria que eu não fizesse tudo e tudo e mais tudo ainda para te ver sorrir, para sentir que estás feliz e que não precisas de nada mais. E tu sabes que eu irei sempre proteger-te, tu sabes que eu sempre te disse que foste um poste acente em todo o meu caminho. Se algum dia te disserem que estás sozinha, nega-o, não acredites, pois ter-me-às a agarrar firme a tua mão e a caminhar contigo. Se algum dia te disserem que eu te virei as costas, mentem-te e acredita precisamente no contrário. Se olhares para a frente, ver-me-às a sorrir para ti e eu estarei à espera de te ver brilhar. Se algum dia te disserem que não és ninguém, lembra-te que para mim sempre foste e sempre serás alguém. Não tenhas medo que não te oiçam, às vezes é preciso não sermos ouvidas pelos outros, para sermos ouvidas por nós mesmas. Não tenhas medo de caminhar em frente, não tenhas medo de ficar quieta um instante, não tenhas medo de chorar, de sentires que perdeste tudo. Eu vou estar deste lado, longe ou perto, mas sempre presente. Vou ensinar-te a ouvir o teu silêncio. Vou ensinar-te a ouvires o coração quando ele chora sem barulho. Vou ensinar-te a perder e a ganhar, porque na vida nós não ganhamos sempre, nós não perdemos sempre, mas posso dar-te a certeza de que nunca perdemos tudo. Temos sempre algo. Encontramos sempre algo. Difícil é descobrir que possuimos esse algo desconhecido. Vou ensinar-te que a dor existe, que existirá sempre, mas que a dor nos torna pessoas melhores, pessoas vivas, Seres Humanos puros. Vou ensinar-te que a força não dura em todos os momentos, que até os mais fortes são fracos e que a fraqueza vem do coração, vem do cansaço de uma luta nunca ganha, vem de dias sem sentido e de noites escassas. A fraqueza vem de nós, mas eu irei dar-te sempre a minha força, eu irei amar-te, orgulhar-me de ti, faças o que fizeres. Lembro-me de adormecer ao teu lado, lembro-me de acordar e ver-te ao meu lado. Lembro-me do quanto pequena eras e do quanto crescida estás agora. 12 anos não são contudo uma vida já deveras vivida. Tens 12 anos e uma vida para descobrir e eu espero que não apagues o lugar que é meu, que tens no teu coração. Espero que um dia me procures, que um dia me leias e sintas que anos atráz eu amava-te, mais do que no momento em que me lêste pela primeira vez. Espero não ver-te ir embora do meu regaço, espero aconchegar-te a alma nas noites vazias e espero puder ouvir o teu sussurro quando mais ninguém te entender.
Sabes quando me disseste que eu era como uma irmã para ti? Das poucas certezas que possa ter, posso gritar-te que és uma irmã para mim!



Amo-te prima, irmã do coração. Parabéns pelo que foste, pelo que és e pelo que serás. Parabéns pelos teus 12 anos de existência que mantêm em mim uma felicidade enorme, por ainda te ver crescer.

18 comentários:

  1. este texto trouxe-me as lágrimas ao olhos. mas que palavras tão lindas, que amor e carinho tão grandes, tão puros! mas que coração maravilhoso.

    ResponderEliminar
  2. aahah, sou mesmo tótózinha, obrigada por avisares (:

    ResponderEliminar
  3. eu também nao tenho mas, às vezes, ando a passer por uns e encontro assim coisinhas :)

    ResponderEliminar
  4. Tens razão, por muito estúpidos que ele possam ser para nós vão ser sempre os melhores -.- Mas de certeza que vamos encontrar alguém que nos mereça e que nos faça muito feliz :)
    E este texto está tão fofinho *-*

    ResponderEliminar
  5. infelizmente querida!
    parabéns, são crianças lindas :)

    ResponderEliminar
  6. foi criado à pouquinho! és bem vinda lá :)

    ResponderEliminar
  7. estas sensações deviam ser reais, pois assim tudo estaria mais perto da perfeição. obrigada pelo comentário baby! ;)

    ResponderEliminar
  8. Obrigada martinha, acho que vou adorar <3

    ResponderEliminar
  9. Ai princesa, eu acabei de chegar. Ele está tão diferente (fisicamente) xD. Está mesmo lindo. Mas ainda nem falamos, eu não tenho coragem de falar com ele e acho que ele não tem coragem para falar comigo. Eu mal olho para ele. Eu não sei mais como agir ao pé dele :s

    ResponderEliminar
  10. sempre que lei-o isto começo a chorar obrigada por tudo o que fostes e o que és AMO-TE

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.