5 de agosto de 2011

não porque eu não quero


Não me leias, não me encontres - tenho medo de me conhecer. Não me procures, não esperes que eu apareça - eu tento sempre fugir. Não me peças para falar quando nunca fui ouvida. Tu não me pediste para eu gritar e eu senti-me desprotegida. Não me tentes guardar em ti, porque eu luto para não existir. Eu que luto para ires embora, tu nunca decides partir. Não me peças a eternidade, nem o tempo que não te posso dar. Tu levaste-me  os relógios e só me fazias esperar. Não me leias. Não me procures. Não me escutes. Não me perguntes. Não me olhes e nem tentes abrir-me o coração. Quebrei o relógio que me devolveste, gritei sem chamar o teu nome. Fui ouvida por alguém e a paz agarrou-se ao meu coração. Por que haveria de te dar a conhecer a minha existência, se foste o primeiro a destruí-la?

24 comentários:

  1. Este texto está lindo *-*
    Perdi-me nas tuas palavras linda. Amor, tens que ter muita força. Sabes que eu estou aqui para tudo o que precisares, não sabes?

    ResponderEliminar
  2. que texto maravilhoso!
    martinha, és muito fofinha, gosto imenso de ti!

    ResponderEliminar
  3. Já deixei de esperar há algum tempo.. O pior vai ser retomar o caminho da felicidade outra vez.

    ResponderEliminar
  4. não te preocupes. eu também ainda não sei quem sou verdadeiramente, mas também não me vou cansar de procurar, porque um dia quando menos esperarmos iremos encontrar -nos a nós mesmos. *

    ResponderEliminar
  5. Oh obrigada princesa :)

    Olha não sei o que se passa mas não te consigo mandar mensagem :s
    Mas tenho novidades ^^
    Ontem estávamos todos na piscina e tipo eu depois fui até a cozinha buscar uma garrafa de água e ele foi atrás de mim. E ele disse-me que estava com saudades minhas e que fazia muito tempo que ele não me via e eu disse: pois (eu não sabia mesmo o que dizer, fiquei paralisada) e depois ele tentou beijar-me e eu desviei a cara e voltei para a piscina e deixei-o lá. Depois arrependi-me de ter ido embora mas naquela hora eu não sabia se era a coisa certa a fazer, é que nós mal falamos percebes? :s
    Ai amor, eu já nem sei o que fazer....

    ResponderEliminar
  6. força, é o que te digo marta !**

    /wordsonthewind-ana.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. mas é mesmo martinha :/
    que texto lindo, adorei !

    ResponderEliminar
  8. céus, que poderoso.
    então tu, minha querida, então tu. tens uma força admirável, sinto um carinho e uma admiração enormes por ti!

    ResponderEliminar
  9. Claro que não podemos fazer com que tudo nos passe ao lado, mas como eu disse no texto " tudo vem, marca e raramente passa por completo" mas temos de aprender a aceitarmos-nos como somos e deixar o que os outros dizem :c

    ResponderEliminar
  10. mas também caiu. obrigada princesa e tu tbm és forte e fantástica!

    ResponderEliminar
  11. está muito bonito, sendo ou nao sendo este texto para mim, eu vou te guardar sempre no meu coraçao porque ainda te amo e nao te quero magoar marta amo-te <3

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.