13 de agosto de 2011

maryy




decerto que estranhaste o facto de não te ter dado os parabéns. e é óbvio que ficaste um pouco magoada comigo por causa disso.
mas ... se houve pessoa que se lembrou de ti, fui eu.mas, agora, irias-me perguntar: então porque não me mandaste uma mensagem?e eu vou-me explicar agora:as pessoas, lembraram-se de ti, mandaram-te mensagens lindas, textos enormes com toques profundos de magia e tudo o resto e houve aquelas que se lembraram, porque tinha no facebook a avisar, e então, decerto, que nem conseguiste ver todos os parabéns e as pessoas que te felicitavam, nem as conhecias.e isso, faz-me mal. fez-me mal ver isso.e então ... quis ser diferente. diferente de não te felicitar os parabéns no dia do teu aniversário, mas sim, agora ... agora que já tens 16 anos e que os sentes no corpo, agora que já viveste alguns dias com essa idade é que te estou a felicitar por mais um ano de vida!não é por fazeres anos, que teria de mandar uma mensagem linda. porque, na verdade, todos os dias me recordo de ti, todos os dias relembro-me todos os anos, e principalmente, o abraço lindo que me proporcionas-te.parabéns por viveres, parabéns por aguentares mais um ano.desculpa ser esta a minha forma de ver as coisas. :'espero que me entendas, e se quiseres, peço-te desculpa por não te ter dado os parabéns, no dia do teu aniversário. mas para mim, os dias são uma dádiva muito grande que deus nos dá e então, decidi dar-te os parabéns por existires, noutro dia, que é hoje.amo-te, sempre. é tudo. *


- foi o melhor que me podias ter dito, maryy.

3 comentários:

Fica em segredo, entre nós.