24 de agosto de 2011

eu não tento esquecer, mas eu devo, mas tu não deixas


Esqueci-me de não te amar, lembras-me sempre demais o que fomos e eu esqueço-me de olhar e aceitar o que és. Esqueci-me de não dizer que te amo, não é simples, nem fácil, nem normal. É estranho esquecer-me de ti, seria estranho, mas não é, porque eu não me esqueço. Esqueci-me de te lembrar que sempre te levantei quando caiste e esqueci-me de te agradecer por teres feito o mesmo, sem qualquer cansaço. Esqueci-me de não sentir a tua falta, porque olha, olha, olha... eu sinto e é complicado, é complicado porque tu não sentes e esqueci-me de perceber como pode ser possível. Tu sabes a verdade. Se tu me lês, tu sabes a verdade. Mas se tu não me sentes, nunca saberás toda a verdade. Tu lês-me, tu encaixas as palavras na tua mente, mas esqueces que a sintonia dessas palavras permanece no meu coração e eu esqueco-me de esquecer este amor e tu esqueceste de matar vontades e esperanças que não me deixam esquecer-te. 
Tu lês-me, mas não te soltas da minha alma, tu lês-me e eu esqueco-me que não te devo escrever. Porque... tu lês-me, mas não sentes. Acontece o mesmo quando dizes que me amas. Tu escreves e eu não sinto.

32 comentários:

  1. ah nada de mais. só conversámos um pouco e tal :3

    ResponderEliminar
  2. LINDO!
    a tua escritora preferida? privilégio :)

    ResponderEliminar
  3. "tu escreves e eu não sinto" adorei mesmo!

    ResponderEliminar
  4. é bom saber isso marta. é complicado amar, é mais complexo do que se imagina.

    ResponderEliminar
  5. lindo querida, e obrigada mesmo!
    há-de chegar esse dia. não tens que te preocupar, porque ele chega. acaba sempre por chegar. mais tarde ou mais cedo. vive um dia de cada vez, sempre a sorrir. tu és linda :)

    ResponderEliminar
  6. de nada, adorei mesmo aquela frase! :) e obrigada também. infelizmente é verdade, há coisas tão boas que temos por pouco tempo e o que mais queremos é ter para sempre.

    ResponderEliminar
  7. oh, sei lá :( ele disse que se ia preocupar sempre cmg, mas não é o que mostra agora!

    ResponderEliminar
  8. sim, fizeram 24 anos de casados :o :) eles agradecem *.*

    ResponderEliminar
  9. oh obrigada (': é bom saber que gostas! eu tbm gostei mt do teu, e vou seguir, tanto este como o teu outro cantinho (set).
    adorei a foto (:

    ResponderEliminar
  10. olha, marta, o texto está encantador, e forte, e realmente profundo. e o amor tem destas coisas, não é? desentendimentos de mensagens e emoções. e seria tão bom que os vossos se sintonizassem.. mas olha, sê forte e gosta sempre de ti mesma. és um doce de rapariga, garanto.

    ResponderEliminar
  11. é mto bom, e eu aconselho ;)
    até pq é de uma história real, a Bethany Hamilton existe mesmo.. é a história dela.

    ResponderEliminar
  12. pode ser que sim, pena é que pouca gente perceba isso :s
    P.S. adoroo o texto *.*

    ResponderEliminar
  13. muito obrigada sua linda com textos lindos <3

    ResponderEliminar
  14. no outro dia a conversa ficou a meio:)

    ResponderEliminar
  15. Obrigada pelas palavras princesa, a sério (:

    ResponderEliminar
  16. foste tu,fiquei sem saber que idade tinhas. mas btw:)sou sou... coraçao sagrado e o teu

    ResponderEliminar
  17. sim, tens razão, mas é sempree dificil :s mesmo que me esforce ... ´beijinhoo :p

    ResponderEliminar
  18. muito obrigada, mas é apenas uma história. é fictício (:

    ResponderEliminar
  19. por vezes estamos quase a esquecer, pelo menos em parte, só que aparece novamente e não deixa :c

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.