31 de julho de 2011

woooooooooooo









Eu comecei a chorar. A minha tia abraçou-me. Soube-me bem. Por acaso, muito bem. Fomos à festa ali do lado, porque amanhã é o dia da Suiça, bebi três panachés, sempre em frente, sempre a abrir, sem parar. Estava triste, era para ficar alegre. Mas estava sóbria, estou sóbria. Muito normal. A minha tia filmou. Eu rio-me disso e rio-me sei la de quê. Estou bem. Disse-lhe que estava e estou. Viemos para casa e bebi dois copos de whisky e dois copos de baileys. Soube bem também, como os abraços da minha tia. Estou zonza, a minha tia diz que vou vomitar. Eu penso que não, não me dói a barriga. Mas estou mais alegre, é verdade. À bocado chorava por ser uma falhada, agora rio por ser uma divertida meia bêbada- diz a minha prima.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.