6 de julho de 2011

ouve


Ouve... este caminho que me soubeste dar, esta mão que não soubeste largar, os abraços que não soubeste tirar, (re)criaram-me. Ouve, és o pequeno maior que algum dia poderia ter-me preenchido e aconchegado em noites de monotonia. És o ar que não me sufoca, és os segundos de uma eternidade, és o tempo contra o relógio... és o mundo onde quero habitar, és o meu céu longe sempre perto. Ouve... as tuas lágrimas matam-me o coração, a tua fraqueza torna-me fraca também e eu preciso que sejas forte, preciso que faças a tua alma gritar, preciso que largues o teu coração até ao meu, preciso do teu silêncio para te saber sentir, preciso de ouvir-te dizer que ninguém te conhece, como eu. Ouve... foram infinitas as vezes que caíste e as vezes que te levantei foram infinitas também, porque decides ir embora agora? Agora e sem mim? Como deixaste voar as tuas promessas reais, como queres levar contigo a nossa felicidade, sem sequer pensares em mim? Onde estão os nossos segredos, os nossos sonhos, os nossos momentos? Onde os largaste? Preciso de encontrá-los... fizeste-mos perder também. Fizeste as malas e partiste.
Ouve... porque é que nunca me ouviste?

39 comentários:

  1. porque nem toda a gente é bom a ouvir e engolir verdades.

    ResponderEliminar
  2. concordo com o comentário da emmeline. tudo dito :x

    ResponderEliminar
  3. isso tambem eu gostava de saber :/

    ResponderEliminar
  4. O comentário está muito bom , ás vezes não se sabe ouvir !


    Eu sei, mas foi dificil e se eu estou a recuperar tu também tiveste grande papel nisso .

    ResponderEliminar
  5. as coisas mais simples são as mais directas. força.

    ResponderEliminar
  6. oh, obrigadaa :$
    pois é, infelizmente o ser humano é assim: ama o que não deve

    ResponderEliminar
  7. concordo cm o primeiro comentário.
    ás vezes a cobardia é a pior defeito.
    força *

    ResponderEliminar
  8. acho que acreditar que tudo mudou e que vai ser bom e ficamos novamente com uma ferida!
    também adoraria, nao saber o que é isso, adoraria , mas.. a vida nunca é fácil.

    ResponderEliminar
  9. eu não sei... dependendo da situação.
    obrigada pelo o voto!

    ResponderEliminar
  10. as saudades ás vezes fazem -nos mal, muito.

    ResponderEliminar
  11. AMEI o texto :$

    Continua a escrever, pois escreves bastante bem !

    ResponderEliminar
  12. A minha mãe morreu de cancro quando eu tinha 5 anos :(

    ResponderEliminar
  13. Simplesmente perfeito :)
    Obrigada, minha linda ^^

    ResponderEliminar
  14. "Como deixaste voar as tuas promessas reais, como queres levar contigo a nossa felicidade, sem sequer pensares em mim? Onde estão os nossos segredos, os nossos sonhos, os nossos momentos? Onde os largaste? Preciso de encontrá-los... fizeste-mos perder também. Fizeste as malas e partiste." lindo :)

    ResponderEliminar
  15. És a primeira pessoa que eu conheço que sente a mesma dor que eu. O que lhe aconteceu?

    ResponderEliminar
  16. :O fica descansada querida eu não aceito! mas porque ele fez isso? (desculpa está a tocar nesse assunto, e não tens que me contar se não quiseres)

    ResponderEliminar
  17. esses tres 'lindo's' foi para a historia? :$

    de nada queridam juro que foram sinceras :$

    ResponderEliminar
  18. a vida tirou-me também tudo que eu mais amei. E toda a gente diz-me que mesmo a minha mãe estando longe, ela está sempre a olhar por mim e a proteger-me e eu tenho a certeza que a tua mãe também !

    ResponderEliminar
  19. está muito bonito e eu dou-te todo o meu apoio e tudo que precisares.

    ResponderEliminar
  20. Eu também choro, acho que isso é normal.
    Apesar de nunca ter jogado, acredito, mas porque?

    ResponderEliminar
  21. Bem, eu nunca joguei (confesso que tenho um bocado de medo dessas coisas) mas eu vou convidar algumas amigas para jogarem comigo. Eu queria muito falar com a minha mãe, ela deixou-me muito cedo e ainda ficou muita coisa por dizer :S

    ResponderEliminar
  22. AMOR eu amo-te e por ti eu faço tudo, para te ter nos braços.

    ResponderEliminar
  23. É mesmo isso que eu vou fazer !
    E deixa-me dizer que és uma exagerada :b Eu não escrevo nada de especial, tu sim escreves profundamente bem e maravilhosamente bem. E quanto ao facto de estares a passar pela a mesma situação que eu só tenho uma coisa a dizer: Os rapazes são tão complicados, mas no fundo são todos iguais. E eu acho que eu acredito naquilo que disseste, se ele for realmente meu, ele irá voltar para mim, caso contrário de certeza que eu irei encontrar alguém melhor e tu também !
    Temos é que ter força e paciência :)

    ResponderEliminar
  24. danyy, amo-te cara de cú!
    mas o teu cú é bem lindo eheh

    ResponderEliminar
  25. claro que passa, e preciso tempo (:
    muito obrigada *-*

    ResponderEliminar
  26. sim, eu disse lá isso, que algumas vêm apenas uma vez na vida

    ResponderEliminar
  27. Oh obrigada minha perfeição *-* de certeza que vamos ser felizes :)

    Sim, moro em portugal :D

    ResponderEliminar
  28. Tipo, adorei :')
    E sabes, ás vezes para os outros nos ouvirem, é preciso que nós próprios, nos oiçamos primeiro.
    Gosto muito de ti.

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.