18 de julho de 2011

amei, completamente


Espera! O que é que disseste? Ouvi bem? Não pode ser! Tens saudades? Queres voltar? Se ainda penso em ti? Como te atreves a perguntar-me isso? Depois de tudo... é tarde... não consigo! Tenho pena! 

Mas porquê? Porque havia eu de voltar? Que motivos tenho eu para acreditar que desta vez iria resultar? Depois de tudo? Não... não me parece, não quero, não consigo, não posso acreditar... não posso acreditar na situação, em ti, em nada, não dá... é impossível! Não! Não! Não! Não quero! Deixa-me! Vai-te embora! Cala-te! Desaparece!  
Fizeste-me mal... Sabes quantas noites adormeci cansada de chorar enquanto passeavas com as tuas “amigas”? Aposto que não tens nem uma vaga ideia. Quando tudo o que eu queria era uma palavra, uma mensagem e nada... o telemóvel permanecia mudo e quieto. E agora que já viveste tudo o que tinhas a viver lembras-te que eu existo? E pensaste que ia estar aqui à tua espera, qual livro que deixaste aberto na prateleira e convenientemente te esqueceste de fechar? Mas o livro ganhou vontade própria, fechou-se e mudou de estante. Não tenho vocação para ficar quieta a ver a vida a passar por mim, enquanto espero desesperada que algum dia te lembres que existo. 
Eu disse que tinha pena? Enganei-me! Não tenho! Claro que não! Nem podia... a memória pode ser selectiva e apagar os momentos maus, mas quando só há maus não os torna bons... nem podia!  
E sabes que me surpreendi a mim própria? Quando te foste embora, senti que o mundo ia descambar, desabar sobre os meus ombros, fiquei com medo, paralisada de medo. Pensei que não conseguia viver sem ti! Aos poucos e poucos fui-me apercebendo que só me fizeste mal, fui-me tornando progressivamente mais forte e agora, que estás aqui à minha frente, não te vejo... olho para ti e o meu olhar trespassa-te, vai muito mais além... ganhei asas e levantei voo... e hoje pareces-me pequenino e ridículo... agradeço-te por me teres deixado... só assim me apercebi o quão patético és...  

Parece-te que falo de raiva? Mas não... o que te parece raiva teve origem no vazio que deixaste vazio... a indiferença que hoje espelho foi-se construindo nas longas noites que adormeci num colchão de lágrimas, nas noites em que eu te chamava baixinho e tu não ouvias, nas noites que nunca apareceste para me dar amor, nos momentos em que precisei de ti e não estavas lá, quando os teus sonhos não me incluíam e enquanto lutavas para os alcançar, as minhas lágrimas secaram... e hoje que voltas, sou eu que não quero. Agora é a minha vez de abrir asas e voar, de descobrir o mundo, de viver sonhos! 
Passou muito tempo e só te consigo dizer uma coisa...
 ...é tarde demais.

mrp!
p.s. visitem este blog; a minha prima acabou de o criar.
cliquem: chuva de emoções

42 comentários:

  1. p.s tenho um desafio para ti no blogg :$

    ResponderEliminar
  2. Princesa, este texto está perfeito !
    Compreendo o que estás a sentir, e se ele fez-te assim tão mal é porque não te merece e de certeza que vais encontrar alguém que te mereça. Porque uma miúda linda, maravilhosa e espectacular como tu, merece alguém a sua altura e que nunca a faça mal. Se calhar é mesmo tarde demais, por isso segue em frente e sejas muito feliz e nunca deixes de mostrar ao mundo esse teu sorrisinho lindo *-*

    ResponderEliminar
  3. tens que acreditar que ele vem princesa, assim como eu acredito.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que gostaste :)
    E sim... eu vou postar o próximo em breve, quando tiver mais ideias XD

    ResponderEliminar
  5. marta mas eu merecia-te não te fiz mal nenhum porque eu amo-te e não consigo estar sem ti, eu sei que tu não queres eu tento deixar-te mas não consigo eu só te quero a ti eu amo-te.

    ResponderEliminar
  6. Grande Marta *-*
    Boa, eu sabia que um dia ias perceber que ele não te merece e que só te fez mal, eu sempre te disse que tinhas força dentro de ti e pelos vistos não me enganei.. Mereces alguém muito melhor, alguém que te mereça, que te dê o carinho e o amor que precisas ! ;D Porque^? porque tu és linda e maravilhosa ! *-* Gostei do que li aqui ;) beijo

    ResponderEliminar
  7. Assim é que se fala mana, mas basta de tristezas. E tu meu menino, deixa a minha irmã em paz, caso contrário terás problemas. Morre em paz chavalo estúpido.

    mana

    ResponderEliminar
  8. só quero saber como se chama o livro onde tem esta página linda :o
    sempre com mimos, ly **

    ResponderEliminar
  9. às vezes o amor consegue ser mesmo traiçoeiro :| mas, não esqueças, um dia a felicidade há-de chegar a ti, quando menos esperares :)

    :*

    ResponderEliminar
  10. que bonito, adorei a força deste texto. gostava de a ter!

    ResponderEliminar
  11. eu não sei, acho mesmo que ninguém sabe.
    se ele te fez sofrer assim tanto acredita que ele não vale a pena :'s

    ResponderEliminar
  12. Oh minha querida nem sei como agradecer-te por estas palavras. Mas eu prometo-te que eu vou fazer de tudo para o esquecer,para este sofrimento acabar. Ele não vale a pena e eu já percebi isso. (tu és uma das poucas pessoas que gosta quando eu escreve assim meio "abrasileirado" xD)
    MUITO OBRIGADA MESMO MINHA LINDA *-*

    ResponderEliminar
  13. Oh eu sou feia e minorca :S
    Ahah aquele do dia do pai tá muito parvo xD eu estava de férias no Brasil quando gravei-o :)

    ResponderEliminar
  14. é um ano exigente. é preciso estudar muito! coisa que eu não fiz. fui-me safando durante o ano, cheguei ao exame, acabou.

    ResponderEliminar
  15. depende. eu tinha positiva e reprovei por tirar nega o exame. como tinha outras 2 negas, ao juntar a do exame, fiquei com 3 e reprovei :s

    ResponderEliminar
  16. olá marta, eu nunca te faltei ao respeito nao sei porque estas a ser assim para mim, a mandares-me a merda, etc... nao sei mesmo mas gostava de saber. nao aceites este comente.

    ResponderEliminar
  17. telinhos: será que devia tratar bem, quem vem para os meus textos mandar comentários anónimos, textos copiados e ainda me diz que sabe a cor das minhas cuécas? tipo, LOL. acalma a criança que tens dentro de ti, porque já tens idade para seres um homem, mas ups, de homem não tens nada, deves ter só a pila, e os miolos todos fodidos. se me deixasses em paz é que fazias bem e sim, vai à merda, porque estou FARTINHA de gente como tu e como não tenho nada a esconder, aceito o teu comentário e ainda te respondo, é que não sou cobarde ;)

    ResponderEliminar
  18. isso nao fui eu que disse, eu so te escrevi os texto esta mas pronto tu é que sabes e possso te jurar pela minha mae. mas tu é que sabes....

    ResponderEliminar
  19. Amei totalmente!
    Já passei pelo mesmo e identifico-me com essas noites que te "cansavas" de chorar.Mas tudo é uma fase e tudo passa. <3

    ResponderEliminar
  20. telinhos, SHUT UP.
    obrigada princ. semp com miminhos :$
    és linda bby <3

    ResponderEliminar
  21. telinhos: muito bem... estás à espera que eu acredite que um anónimo me estava a mandar comentários para uma mensagem antiga e que por acaso, quando eu lá disse o teu nome, que afirmava seres tu o anónimo, tu foste a um texto antigo, SÓ POR ACASO e foste dizer que não eras tu. não me faças falar mal, DESAPARECE. não tenho otária escrito na testa, pois não ? é mais que óbvio que eras tu, porque não é por obra e graça do espírito santo que tu por acaso vais a uma mensagem antiga quando escrevo lá o teu nome. FUCK

    ResponderEliminar
  22. telinhos: meu caro amigo, queres saber de onde copiaste os textos? ou vais continuar a dizer que foste tu quem os escreveste?

    ResponderEliminar
  23. mrp, sempre minha princesa. ela diz tudo. ♥

    ResponderEliminar
  24. e com essa vem muitas mais perguntas..

    ResponderEliminar
  25. achas que ela vai ficar com o Duarte? porquê? (:

    ResponderEliminar
  26. parece que ninguém ou quase ninguém deve saber o sentido dessa palavra. *

    ResponderEliminar
  27. É mesmo bom sentir que as pessoas que nos lêêm compreendem o texto, e que o sentem tanto como nós. Já tive ideias de deixar do blog, mas acho que com uns seguidores assim, como todos vocês nunca o vou deixar, é um prazer escrever para vocês, gostei muito *-*

    ResponderEliminar
  28. lol eu fui lá porque irias responder aos textos que eu la te deixei...e os textos nao tinham assim tantos dias tinham 1 e fui la ver se respondeste e pronto reparei que estava la escrito o meu nome e expliquei-te so que tu nao queres entender...

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.