11 de dezembro de 2010

- rotunda.

Giro à volta daquela rotunda, a rotunda dos sonhos pesados e onde o cansaço me absorve. É a rotunda da vida - e eu que fale bem dela - não vá eu afundar-me no buraco da maldição. Quase eulouqueço com tanta procura, a minha mente é invadida por sons fortes, demasiado fortes. Um labirinto onde todos os caminhos são iguais e a saída não está ao alcance da Humanidade. Não há para onde ir, não posso partir, o meu corpo está preso. Posso até caminhar sobre os seus espetos, mas vou acabar destruída.
Vou partir e provavelmente não mais voltarei ao meu estado normal. Invadem o meu coração, mas não o libertam do estado coma - que necessidade tão grande de (re)viver!
Mas eu caminho, sem força para tal. É como se estivesse a participar num concurso de lentidão, por isso, não me vou apressar, chegarei à meta antes que a vida deva terminar - espero.
Estou zonza, as pessoas estão a entrar em desespero e nem sabem. Que loucura de vida, de Seres Humanos sem auto-controlo. Que rotunda maléfica - faz elouquecer, desgasta cada ser e fortalece-se. Dizem ser a lógica da vida, mas que lógica Humana.
Estou sobrecarregada, as ilusões preenchem-me a mente e eu preciso de encontrar a minha própria força.
Guiem-me, na direcção de algo puro, porque eu arranjarei uma forma de ser.

Antes, tudo foi meu e algum dia, algo terei.
Agora, resta-me uma alma cheia do nada, uma esperança quase escassa e uma sobrevivência pela obrigação de forças humanas. 

- O amor, é a força mais poderosa que existe na Terra, é por isso que tu não aprendeste a consumir-(me), só sabes suster-(me). E já sabes, gostarei de ti até ao último batimento do meu coração, Pedro.

1 comentário:

  1. muitas pessoas já me disseram que era melhor para mim seguir em frente . que era melhor parar com esta coisa sem definição possível e não me magoar mais do que aquilo que é necessário .
    - mas, e se esta dor for praticamente a minha vida ? e se não me restar mais nada além dos sonhos , que me matam a cada dia que passa ?
    não, não sou especial . sou somente louca, e algo masoquista :''

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.