12 de novembro de 2010

- (re)cair.

Quero ficar assim, de costas para a vida. Não há outro estado para estar, vou rastejando. Permaneço no desespero, envolvida de dor. É assim que me sinto, desesperadamente perdida.
Estou morta, morta de alma.

1 comentário:

Fica em segredo, entre nós.