21 de maio de 2010

- não vens.

Sabes fazê-lo, guardar o teu coração no escuro e destruír a minha alma, com a tua ausência contínua.
«Eu nunca te vou deixar, eu nunca te vou esquecer.» - dizias.

2 comentários:

  1. dizem e contradizem . Fazem e desfazem. E nós permanecemos com a espera de que um dia assentem de vez.

    ResponderEliminar
  2. Promessas nunca compridas....como te percebo :x *

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.