1 de março de 2010

- sede de ti.

 
«Soubes-te ser, o meu.»

O vento tráz-te, faz-me ter-te, faz-me amar-te, querer-te, mas leva-te, sempre com a mesma razão, com a mesma força, mas por caminhos diferentes. Abana-me quando não me sinto, chama-me quando não quero ouvir. Mas não quero mais, não quero seguir os teus passos, quero seguir os meus, os verdadeiros. Quero permanecer na estrada da tua ausência, quero manter-me viva e fazer-me viver. Quero saber ser eu, sem te ter. Quero lutar e vencer. Quero mostrar-(te) que o mundo se pode reconstruír, quero fazer-(te) perceber que tudo mudou, tudo é diferente, mas que sei sentir (como tu o sentias, antes).
Hoje, recordo-te com a alma perdida, num lugar meu, onde não existe o amor que me davas, onde a esperança foi vendida ao tempo. O Sol, voltou a procurar-me e a Lua já não me tráz a dor da tua perda. Já não sufoco o meu coração quando invades os meus sonhos, já não grito pelo teu nome sempre que me perco no labirinto da vida. As noites já não têm o teu sabor, as estrelas não me sabem a ti e as manhãs são diferentes, porque não te ter, tornou-se um hábito. E não, não saberei mais quem és, mas sei quem foste. Não saberei mais ter-te, quando me largas-te a mão quando mais precisava de ti e isso, não esqueçerei. Não saberei dar-te o mundo, nem a vida, não saberei fazer-te voar e tu, não saberás dar-me forças. Já aprendi que voltas, mas partes e eu héi-de ficar sempre contigo, na vida em que aprendes-te a ser feliz.
Não sentes saudades, sentes-te vazio.
- Sei que disse que não voltaria a escrever para ti, mas meu amor, isto faz-me aliviar a alma e sentir-me a não ser a tua e enquanto me sentir bem assim, héi-de lembrar-me de tudo, até chegar o dia, em que o teu ser se evapore do mundo que hoje vivo. 
Quem és? Não sei.
Quem sou? A que aprendi a ser.

5 comentários:

  1. Mais uma vez, perfeito. Muito sentido. Adorei.

    "As noites já não têm o teu sabor, as estrelas não me sabem a ti e as manhãs são diferentes, porque não te ter, tornou-se um hábito."

    Espero ansiosamente por esse dia, em que consiga pensar nela sem chorar, sem sentir saudades...mas por agora, tudo é ele. Ele está em todo o lado :x

    Força *
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  2. Amar não cansa. O que cansa é amar e não receber nada em troca.

    ResponderEliminar
  3. Não a largues, minha querida, ela é tua, só depende de ti a sua presença em ti (:

    ResponderEliminar
  4. - tu és aquilo que queres ser ! e vais ser mais forte que tudo isto .

    - escreves muito bem .')

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.