26 de março de 2010

Protege.

Tenho andado por caminhos diferentes, com o mesmo amor. Tenho andado a segurar as tempestades e a acalmar a alma que lanças-te ao vento. O sabor dos dias, mudaram e tu para mim, mudas-te.
Ando ausente, a tentar cuidar do coração que ruiu.
Desta vez, eu cuido de mim.
 Vens para ficar, ou partes sem voltar?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.