21 de fevereiro de 2010

- até (um) dia.


Hoje, a Lua percorreu-me cada pedaço do coração. O vento com a força que me trazia tudo, levou-me de novo ao mar das memórias do teu nome e, mais uma vez, não me libertei da dor da tua ausência. A noite veio e eu fui demasiado fraca (de novo) para não te prender nos meus sonhos. Vieste, não sentis-te, destruiste-me.
«Ignora-me, ouve-me, desapareçe e chama-me.»

Diogo. (sstps.) diz: Aceitas ficar sem mim?
marta. (sstps.) diz: Não. Mas também, o que posso fazer?
Diogo. (sstps.) diz: Ficas comigo.
Diogo. (sstps.) diz: Nós confiamos um no outro.
Diogo. (sstps.) diz: Eu não te vou largar. sstps
marta. (sstps.) diz: Tenho medo.
Diogo. (sstps.) diz: Eu protejo-te.
marta. (sstps.) diz: Tu vais acabar por partir.
Diogo. (sstps.) diz: Sem ti? NUNCA!
Diogo. (sstps.) diz: Não aguento sem ti.

As palavras? Essas perderam-se e eu cá estou, envolvida no sentimento que permanece dentro do mundo que é só nosso. (o nosso, deixou de existir, eu sei.)
Não importa o que sinto, mas sim o que sentes. Tens a felicidade e a força e isso faz de ti o que nunca vi. Eu fico com a dor dos erros e com o coração que sobrevive.
Agora e até conseguir apagar de mim tudo o que te pertençe, héi-de amar-te como sei (não como queres). Os caminhos, todos aqueles que antes me levavam a ti, deixaram de fazer sentido. A alma, não te sente e o coração quer a paz, a que deste, mas já faz tempo disso. O sol, agora está a favor do teu mundo, do mundo que estás prestes a construir com a raiva que guardas a quem sempre fui.
- Desculpa o que nunca fiz que deveria ter feito;
- Desculpa as lágrimas e as lutas perdidas;
- Desculpa as palavras não sentidas e os tempos perdidos;
Mas obrigada por me teres amado.
Hoje chamo-te de amor, amanhã de ilusão..
Peço-(te), não me tires a unica coisa que ainda tenho de ti.
Desta vez partis-te, mas para sempre.

6 comentários:

  1. Deu-me uma vontade enorme de chorar ao ler este teu texto :x
    Está tão sentido, tão triste mas tão verdadeiro.

    Parabéns *

    ResponderEliminar
  2. Pois dói. É um aperto no coração, bem sei.
    E pensar que com o tempo tudo ficará melhor...não sei, só sei que a saudade aumenta. *

    ResponderEliminar
  3. Como te percebo. A força que tinhamos eram eles...e agora, ficamos só nós. *

    ResponderEliminar
  4. Ah, então não deixes que te volte a fazer o mesmo. Uma coisa é amar e lutar por quem nos merece, outra é sermos humilhadas e mal tratadas. Isso não. Ninguém merece. *

    ResponderEliminar
  5. «Ignora-me, ouve-me, desapareçe e chama-me.»
    Como eu te compreendo. Odeio palavras falsas e mentiras que nos iludem. Não entendo porque nos prometem o mundo, se depois partem e ficamos sem o que mais queremos no mundo (eles). Enfim, a vida é mesmo assim. Espero não perder a força, e espero que tu também tenhas!

    ResponderEliminar

Fica em segredo, entre nós.