8 de janeiro de 2010

Lágrimas de sentimento.



Podes dizer-me agora o que é de mim sem ti? Quem sou, o que sou e a quem pertenço? Podes dizer-me qual o caminho que devo de seguir, quando não estás e quando eu só quero ficar longe de tudo, porque és só tu que me fazes falta? Só de pensar que posso ficar sem ti, o coração aperta e as lágrimas caiem, não queres, eu sei, mas é mais forte do que eu, não imaginas como te amo. Mas eu sei, sei que a culpa é minha, sempre foi e jamais te culparei por actos que eu cometi, eu é que não sei ser «alguém». 
Luta comigo até ao fim, dá-me a mão e faz com que eu não perca as forças. Promete-me, mais uma vez, que somos eternos, que nada vai acabar por qualquer razão. Não, agora não sou feliz, mas algum dia serei. Sou incapaz de tudo, porque eu não posso fazer o que quero e nada me é permitido, não como eu quero, a unica maneira de eu ser feliz.
«Ausento-me da vida, escondo-me nas lágrimas e sobrevivo do meu silêncio.»
Ninguém sente, só nós. Aquele banco, daquele sonho. Aquele dia quinze, aquele primeiro abraço. Aquele dia três e o primeiro beijo. O dia dezanove, aquela praia, o sentimento. O dia vinte e seis dos olhares.
Dói, mas ainda aguento por ti.
«Estou a viver para o nada, mas com toda a esperança.»
Tanto lutas-te, tanto me proteges-te, tanto me amas-te. Ainda sentes o meu coração? Ele sente saudades tuas, ele começa a sufocar sem ti, ele não aguenta a tua ausência, não consegue. Ele precisa de ti, mais do que tudo.
«Contigo sou tudo, sem ti não sou nada.»
Deixa-me acreditar no nosso para sempre. Deixa-me ter esperança que esta dor vai trazer toda a felicidade que já tive. Deixa-me esperar. E obrigada por tudo o que me deste e por tudo o que me fizes-te ser. Obrigada pelas promessas de amor eterno, pelas chamadas perfeitas, pelos sorrisos e pelas lágrimas que já deitamos juntos, pelos momentos que vivemos, unicos e mágicos e só tu precisas de sabê-los e senti-los. Obrigada pela nossa invenção de significado de smiles, obrigada pelos cinco minutos que faziamos um ao outro (tu sabes do que falo). Obrigada pela confiança que me fizes-te ter em ti, obrigada por todos os segredos que guardas de mim, obrigada por tudo e tudo
Eu entreguei-me e tu fizes-te sempre valer a pena.
Silêncio profundo, sentimento escondido, um amor, uma vida.
(Não deixes que nos separem, por favor.) :"

Vem, por favor. :'


1 comentário:

Fica em segredo, entre nós.