10 de outubro de 2009

Um teu que é meu.

Gosto da maneira como me abraças. Gosto de quando me sento no teu colo, me fazes festinhas na barriga e eu deito a minha cabeça no teu ombro. Gosto quando me dás a mão e quando me beijas. Gosto da maneira como me olhas e gosto de quando vês o meu telemóvel todo. 
Gosto de quando ficamos os dois a olhar-nos, olhos nos olhos e quando o sentimento aumenta cada vez mais. Gosto de quando falas e eu fico a olhar para ti, como se o tempo parasse por momentos. Gosto de quando me abraças e me dizes "Amo-te para sempre".
(Tantas vezes o fizeste.)
Gosto de quando trocamos as nossas coisas, gosto quando me olhas nos olhos e juras que é para sempre. Gosto que me dês gelado à boca, de beber da mesma coca-cola que tu e de te ganhar no hóquei de mesa. Gosto quando não paras de sorrir e gosto quando dizes "Queres namorar e casar comigo?" nas escadas rolantes. Gosto de quando me contas as tuas coisas e gosto de te contar as minhas. Gosto de quando pegas em mim e gosto que queiras estar sempre de mão dada comigo. Gosto de quando eu fico com ciúmes e tu não paras de me beijar. 

Gosto de quando te colas em mim, eu fico com vergonha e tu dizes "És tão linda". Eu gosto da maneira sincera que unes os teus lábios, nos meus, eu gosto da maneira que me tratas, da maneira como és para mim. Gosto de quando corres para mim, me beijas e dizes "Amo-te". Gosto da forma em que me fazes acreditar, que me vais amar, para toda a vida. Gosto de te cantar a música dos patinhos para adormeceres e gosto de quando me fazes os ‘cinco minutos’. 
Gosto das nossas chamadas sem fim e gosto de todas as tuas palavras. Gosto que sejas assim, tão perfeito e que sejas só meu. Gosto de te tirar fotos e sentir que és o verdadeiro amor da minha vida. Gosto de quando dizes "És minha para sempre" e gosto de (tentar) sentir o teu coração.
 

- E sim, vivo pelo nosso amor eterno.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Fica em segredo, entre nós.